Conceito de empreendedorismo

April 16, 2018

  

 

 

Empreendedorismo, uma palavra que tem ganhado cada vez mais força nos últimos tempos. Muitos sonham desde cedo em abrir o próprio negócio e buscam qualificação específica para isso. Mas tem também quem procure por alternativas para uma renda extra ou até para pedir demissão do emprego atual.

 

Além disso, tem sido cada vez mais comum encontrar profissionais de diversas áreas que já não atuam mais na profissão para qual se qualificaram, na maior parte dos casos pela falta de oportunidade no mercado, e conseguem muito mais sucesso abrindo um negócio próprio.

 

Só que para tirar a ideia do papel e colocar em prática, não basta ter só vontade ou talento, é preciso ter o perfil empreendedor e conhecer esse universo para atuar de forma certa, já que o objetivo é gerar lucro e não trazer prejuízo para o empresário.  

 

Já que falamos sobre prejuízo, vale destacar que um dos maiores erros de quem quer empreender é prospectar lucros já no primeiro mês de negócio. Para um negócio gerar lucros reais, requer tempo. Muitos empresários desistem já no início, em função de não terem a expectativa alcançada. Quem quer ser um bom empresário, precisa ter paciência. Mais do que isso, é fundamental que o empreendedor seja mais realista do que sonhador.

 

Além de uma boa dose de realismo, é preciso descobrir se, realmente, sua ideia é viável, se existe de fato um mercado para o que você quer vender. Para isso, você deve validar seu negócio da maneira mais simples: Conversando com o público-alvo.

 

Nessa pesquisa de campo, é bem possível que uma parte de tudo aquilo que você idealizou mude, pois o que você pensou pode ser diferente da opinião dos clientes. Assim, dá para ajustar o que for necessário e seguir em frente.

Se você tem uma boa quantia em dinheiro para investir, assim como o capital de giro, que são os valores que você vai usar para pagar as contas da empresa enquanto ela ainda não tem faturamento, já é um grande passo.

 

Caso você tenha a ideia, mas não possua os valores necessários para investir, pode buscar um apoiador que se interesse pelo negócio. Muitos empresários de sucesso construíram seus patrimônios mesmo sem dinheiro, sabia?

 

No início, ofereça seu produto ou serviço para familiares e amigos e veja como eles reagem, assim dá para fazer alterações antes de abrir as vendas para o mercado. Alerta: Faça todo o possível para não recorrer a empréstimos bancários, pois os juros dos bancos tendem a ser muito altos e isso pode gerar uma grande dívida antes de obter lucro. Inovar também é uma das chaves para um negócio de sucesso. 

 

Ter algum diferencial, mesmo que pequeno, já é uma chance maior de atrair os clientes e torná-los fiéis. Atenção para um ponto importante: A partir do momento que você coloca sua ideia no mercado, tem que ter consciência de que a inovação precisa ser constante, para não correr o risco do produto logo ficar defasado e cair no esquecimento.

 

Tem ainda quem deseja empreender, mas não quer se desligar do trabalho atual por gostar muito da atividade que exerce. Ser empresário por meio período também é possível, mas é importante seguir algumas regras básicas:

 

- Encontrar um sócio para dividir a jornada de trabalho;

- Organizar dias e horários fixos para se reunir com a equipe;

- Aprender a otimizar o tempo para dar mais importância ao que é prioritário;

- Definir e, o mais importante, cumprir metas.

 

Se você quer começar, mas não sabe por onde, aqui vai a primeira dica: Tenha certeza de que você tem o perfil empreendedor. Dá uma olhada nessas características e veja se você se encaixa na maioria delas:

 

1. Iniciativa

2. Liderança

3. Comprometimento

4. Organização

5. Motivação

6. Proatividade

7. Criatividade

8. Facilidade de comunicação

9. Senso de responsabilidade

10. Capacidade de assumir riscos

11. Visão de futuro

12. Boa rede de contatos

 

Depois de se certificar que você possui o suficiente para ser um bom empresário, é necessário saber em qual tipo de empreendedorismo você quer atuar. Aqui nós listamos os mais comuns:

 

Negócio próprio

 

Este é o mais comum. Quem costuma abrir um negócio próprio geralmente é levado pelo estilo de vida ou porque tem uma visão diferente do mundo. O empreendedor nato costuma ser tido como genial. Já o serial é aquele que cria negócios em sequência. Ele não se apaixona pela empresa em si, mas pelo ato de empreender;

 

Corporativo

 

Refere-se a identificação, desenvolvimento e implementação de novas ações e oportunidades em determinados negócios e na estrutura de uma empresa. O empreendedorismo corporativo tem como objetivo provocar a inovação nas atividades da organização e, assim, gerar melhorias nos recursos humanos e na estratégia do negócio;

 

Social
 

Este tipo de empreendedorismo tem como base a promoção de soluções e mudanças nos problemas da sociedade por meio de uma ideia, gerando desenvolvimento, qualidade de vida, cultura, melhorias ambientais e aprimoramento da economia para as pessoas. Trata-se de uma ação focada na cooperatividade e não na competitividade;

 

Individual
 

O empreendedorismo individual tem como característica a criação de novas empresas e negócios. Em resumo, são as organizações em fase inicial;

 

Cooperado

 

Este tipo costuma empreender ligado a cooperativas, como artesãos. Por isso, trabalho em equipe é primordial. Tem como meta crescer até conseguir se tornar independente;

 

Público
 

O empreendedor público é uma variação do corporativo para o setor governamental. Ainda existem muitos funcionários públicos preocupados em utilizar melhor recursos e inovar nos serviços básicos. A motivação está ligada ao fato de conseguir provar o valor do trabalho para a sociedade;

 

Inovador
 

Talvez a inovação seja a chave de maior sucesso em um negócio, é onde esse tipo de empreendedor atua. Geralmente não possuem experiência, mas são capazes de identificar novas necessidades ainda não atendidas pelo mercado. Boas ideias por si só não se bastam, o empreendedor inovador é aquele capaz de torná-las financeiramente rentáveis.

 

O tipo de empreendedorismo empregado depende do ambiente em questão, assim como seu contexto, suas oportunidades, quem o pratica, o conceito do negócio e seus valores.

Não existe um perfil melhor ou mais completo que o outro, todos têm seus pontos fortes e fracos. Por isso, é imprescindível reconhecer os pontos em que precisa de ajuda, para procurar colabores que possam te auxiliar.

É certo que algumas pessoas possuem qualidades naturais em sua personalidade, entretanto, mais habilidades podem ser aprendidas e desenvolvidas por qualquer um e a qualquer tempo. A fórmula indiscutível do sucesso é sempre elaborar estratégias, ter como combustível a motivação, e uma boa porção de disciplina e foco sempre trarão os resultados buscados.

 

Vale sempre lembrar:

 

Quando for abrir um negócio, a base dele deve envolver algo que você realmente goste. Empresas criadas somente com objetivo de trazer lucros tendem a sobreviver menos, porque não trazem satisfação aos seus empresários e, automaticamente, isso vai se refletir no público.

Pense o seguinte:

 

Quando você começa uma empresa, é como se tivesse uma tela em branco para preencher, ou seja, as possibilidades são muitas, desde que você aprecie o que faz e trabalhe para isso. Se um empresário se prepara para fazer diferença real na vida de outras pessoas, e consegue isso, ele também será capaz de pagar as contas e ter um negócio bem sucedido.

 

 

 

Não esqueça:

O marketing é um dos grandes aliado de um empresário. Assim como você foi empreendedor o suficiente para investir tempo e dinheiro na criação de algo útil, deve fazer o mesmo para criar uma estratégia de marketing. Em uma geração em que as redes sociais têm alcance mundial, é crucial fazer parte desse universo.

 

Jamais considere a divulgação do seu negócio como algo secundário

 

Se o serviço não for bem divulgado, vai ficar limitado às pessoas que você conhece e corre o risco de não ir além disso. Invista no marketing e utilize as mídias da melhor forma para que sua empresa tenha o maior alcance possível.

 

Dê sempre prioridade e atenção aos seus clientes

 

Vá em busca das opiniões deles, dos gostos, do que eles desejam e o que gostariam que mudasse no produto/serviço que você oferece. Cliente satisfeito é cliente fiel e é também quem vai ajudar na divulgação da sua empresa.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Lições da greve

May 29, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

January 15, 2019

May 29, 2018

Please reload

Arquivo